top of page

O que é o Paisagismo?

O paisagismo tem a atribuição de projetar, planejar, gerenciar e preservar os espaços livres, em variadas escalas. Essas atribuições são muito similares às funções da arquitetura e do urbanismo.


Para explicar o que o arquiteto faz, nós já dissemos para vocês que o arquiteto trabalha a relação entre as pessoas e os espaços. Seguindo esse mesmo raciocínio, podemos chamar o paisagismo de arquitetura da paisagem, porque o paisagista também organiza o espaço e compõe um cenário, considerando sua relação com os seus usuários.

autoral


É comum nós confundirmos o paisagismo com a jardinagem, afinal uma área está diretamente ligada à outra. A jardinagem seria, de um modo geral, a execução do que foi planejado para uma determinada área em termos de vegetação.


Mas, além da vegetação, o paisagista trabalha com diversos outros elementos. Ou seja, o paisagismo não significa apenas projetar os jardins, e sim, trabalhar também com elementos construtivos que fazem parte da área externa, projetando piscinas, lagos, praças, pergolados, deques, além de trabalhar com fontes, pontos decorativos e mobiliários da área externa e os passeios a serem feitos em torno de todos esses espaços e elementos. Além disso, o paisagismo também envolve a iluminação da área externa.


Antes de continuar sua leitura, saiba que publicamos este conteúdo em forma de vídeo:


O paisagismo pode ser considerado o braço da arquitetura que se dedica ao planejamento de áreas livres. O paisagista trabalha pela harmonia entre o homem, o espaço construído, os elementos naturais e os espaços a serem preservados.


Ou seja, além de pensar na beleza das plantas nos cenários, o paisagista considera a circulação das pessoas e a valorização dos espaços livres, seja para contemplação ou convivência.

autoral


Para fazer isso, devemos considerar as propriedades da espécie ou elemento utilizado. O tamanho, o volume, as texturas e as cores, de cada tipo de vegetação, trará um efeito diferente para o jardim. Também é importante considerar que a obra paisagística é uma obra de arte bastante viva, requer cuidados e seus resultados dependem do funcionamento de organismos.


Além de levar tudo isso em consideração, o paisagista também precisa absorver a atmosfera da arquitetura construída, para conciliar com ela a sua obra da paisagem. Afinal, além de todos os seus benefícios óbvios, é com o paisagismo que exploramos plenamente os sentidos que não conseguimos explorar diretamente através da arquitetura.

autoral

83 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

Fique por Dentro

Gratos!

bottom of page