top of page

Reformar ou demolir minha casa?

Atualizado: 7 de jul. de 2021


É hora de mudança! Você tem uma casa e não está satisfeito com ela, mas não sabe se o certo fazer uma reforma ou demolir a casa?

INTENÇÃO:

A primeira coisa a ser observada é: qual é a sua intenção. A partir disso, então, ficará mais fácil decidir.

1. A intenção é vender ou alugar o imóvel?

Se seu imóvel possui boas condições, boa localização, uma boa distribuição de cômodos e atende as demandas gerais do seu público-alvo, talvez a melhor escolha seja reformar.

- Trocar azulejos e cerâmicas por porcelanatos é uma ação que valoriza bastante o imóvel.

- Duas outras alterações que valem muito a pena são: jardinagem e iluminação. Atender a demanda por espaços verdes e a possibilidade do uso de tecnologias modernas com certeza chamará mais atenção.

Mas preste atenção em algumas questões:

- Como está a fachada? Se seu bairro está se modernizando, talvez você deva seguir essa tendência.

- Como estão suas esquadrias? As portas e janelas atendem à proposta arquitetônica do imóvel? Como está a vedação?

Esquadrias equivalem a um grande custo.

- Qual é o estilo de vida do seu público-alvo? Essas pessoas têm preferência por quantos quartos e quantos banheiros?

Às vezes a casa permite que sejam feitas alterações sem grandes prejuízos econômicos e estéticos. Por outro lado, ampliar a casa sem analisar o conforto, a segurança e a estética pode causar uma desvalorização.

- Qual é a flexibilidade de mudança que seu público pode querer fazer? É possível alterar a distribuição dos cômodos?

Aqueles clientes mais atentos logo se perguntarão se podem quebrar uma parede aqui, mudar uma porta ali...

- Quais são as tendências das atividades locais? Se sua rua está se tornando um ponto predominantemente comercial, é preciso analisar se vale a pena fazer alterações pensando em uma moradia.


Antes de continuar sua leitura, saiba que também publicamos este conteúdo em formato de vídeo:



2. A intenção é ganhar qualidade de vida?

Você quer dar uma modernizada na sua casa? Ou precisa de uma mudança na distribuição dos cômodos? Talvez a melhor escolha seja demolir e construir uma nova casa.

- Modernizar uma casa pode incluir reformas no telhado e na fachada, além de trocas de portas e janelas. Essas mudanças, somadas à troca de acabamentos internos, pode ser bem onerosa.

- Modernizar também pode incluir modificar as instalações hidráulicas e elétricas. Essas modificações, quando em grande escala, costumam ser bastante trabalhosas.

- Redistribuir os cômodos pode envolver modificações na estrutura e nas instalações. Esses são os cenários em que mais aparecem as famosas "surpresinhas da reforma".

- Redistribuir também pode gerar um resultado que não seja tão vantajoso em relação ao alto custo, devido às limitações que os espaços da casa original oferecem, como a impossibilidade de transformar um banheiro em um quarto. Também é preciso ter cautela com ampliações, para não descaracterizar esteticamente a casa.

Mas é preciso avaliar alguns pontos:

- Existe o lado sentimental? Saiba lidar com isso. Pode ser interessante aproveitar alguns elementos da casa original ou fazer ampliações.

- Talvez haja alguma solução simples para a redistribuição dos cômodos. E um bom projeto pode tornar sua ampliação ou reforma algo agradável e que preserve ou valorize aspectos originais da casa.

- Pode valer a pena procurar novos terrenos para construir, em vez de demolir sua casa, se seu imóvel estiver bem cotado. Com isso, você poderia vendê-lo e comprar outro terreno para realizar a nova construção, sem precisar gastar com a demolição.

SEMPRE É PRECISO PENSAR PRINCIPALMENTE EM:

1. Infiltrações.

Pode ser preciso fazer grandes reformas em:

- Forros ou lajes

- Telhados

- Fundações

2. Estrutura.

Os problemas podem surgir quando:

- Há necessidade de reforço estrutural

- Há necessidade de redistribuir cômodos e as paredes são estruturais

- Há necessidade de ampliar a casa e a estrutura não reage bem à mudança

3. Instalações:

Reformas em pontos hidráulicos e elétricos podem ser problemáticos quando:

- A casa é antiga e suas novas necessidades precisam de grandes adaptações

- Há necessidade de modificar paredes com instalações

VOCÊ JÁ DECIDIU?

1. Se optou por reformar:

- Não se esqueça de considerar a legislação. Tenha em mente que algumas alterações podem não ser plausíveis, devido às normas.

2. Se optou pela demolição:

- Analise se é desejável aproveitar alguns materiais da casa original, para a nova construção.

3. Em ambos os casos:

- Lembre-se que as normas de construção da época em que sua casa foi construída podem não ser as mesmas. Algumas coisas podem não mais ser permitidas.

- E, é claro, sempre contrate um bom arquiteto e um bom engenheiro!


- Deixe aqui seu comentário para ajudar leitores indecisos.

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating

Fique por Dentro

Gratos!

bottom of page