top of page

Qual é a diferença? | Arq x Eng x Designer Interiores x Decorador

Atualizado: 29 de out. de 2021


Arquitetura, Engenharia Civil, Design de interiores e Decoração são profissões que possuem muitas diferenças e semelhanças entre si, havendo algumas atribuições em comum. As diversas questões envolvidas em projetos de construção e reforma dificultam a tarefa de determinar onde começa e onde termina o trabalho de um e o trabalho do outro. Por isso, vamos dar uma explicação simplificada e falar apenas sobre projetos.

ARQUITETO

É o primeiro profissional que deve ser envolvido nos projetos, pois é caracterizado pela abrangência de sua visão sobre a relação entre espaços e indivíduos, nas suas diversas escalas. Por isso, é o que tem mais atributos em comum com os outros três profissionais, sendo o mais confundido com cada um deles. Se quiser saber mais, recomendamos o artigo: O que os arquitetos fazem?.

O arquiteto é preparado para pensar na funcionalidade, na solidez e na estética.

O projeto de arquitetura é que dará as orientações para todos os outros projetos.

ENGENHEIRO CIVIL

O papel do engenheiro é garantir a resistência e a sustentação, sendo preparados para realizar projetos de estrutura. É instruído para pensar na relação entre estrutura e o espaço já concebido pelo arquiteto, calculando as dimensões necessárias e seus vínculos para que a ela suporte as forças a que são submetidas.

[Apesar de arquitetos serem preparados para conceber a estrutura, geralmente não estão preparados para detalhar seus vínculos e elementos. Além disso, embora sejam preparados para fazer pré-dimensionamentos estruturais, muitos arquitetos não pensam na estrutura ao conceber o projeto arquitetônico, gerando incompatibilidades entre esses profissionais. O escritório Numen - Arquitetura é um dos poucos a estabelecer as linhas gerais da estrutura.].

DESIGNER DE INTERIORES

Esse profissional possui formação para atuar na composição de ambientes internos, tendo em comum com os arquitetos a preocupação com as características da estética e da funcionalidade. Por isso, muitos arquitetos também atuam como designers de interiores.

[Apesar de design de interiores e arquitetura de interiores serem atividades semelhantes, na especificação de materiais e cálculos de iluminação, os arquitetos geralmente não têm preparação para projetar móveis. O designer de interiores, por sua vez, não é legalmente habilitado para intervir na estrutura, nas vedações ou nas instalações. Em outras palavras, não deve modificar o que foi estabelecido por arquitetos e engenheiros].

DECORADOR

Por se tratar de uma profissão em que a questão técnica é bem restrita, não é necessário realizar curso superior para fazer decoração. Por isso, assim como o designer de interiores, o decorador também não pode alterar elementos arquitetônicos ou estruturais. O decorador possui a habilidade de compor ambientes harmonicamente. É designado a pensar na relação entre os objetos e o espaço, atuando na escolha dos elementos ao levar em consideração cores, formas, texturas e proporções.

[Apesar de design de interiores e decoração serem atividades confundidas, os designers de interiores possuem preparação técnica, sendo capacitados para especificar elementos que interferem em questões funcionais, assim como os arquitetos. Os decoradores, portanto, atuam mais em escolhas do que em projetos. Enquanto o designer de interiores projeta os móveis, por exemplo, o decorador pode escolhê-los e adorná-los. Portanto, enquanto as outras profissões ficam atidas a questões técnicas, o decorador é mais empenhado a buscar tendências e pensar em detalhes de ornamentação.].

- O importante é que todos esses profissionais se unam pela satisfação dos clientes, refletindo sobre seu papel e suas reais habilidades. E, é claro, tudo vai depender de especialização, experiência e interesse.



Comments

Rated 0 out of 5 stars.
Couldn’t Load Comments
It looks like there was a technical problem. Try reconnecting or refreshing the page.

Fique por Dentro

Gratos!

bottom of page