Compositores brasileiros que falam sobre casas em suas músicas

Atualizado: Mar 12


Algumas das músicas que você reconhece já na primeira batida têm como tema uma casa, ou descrevem uma, de alguma maneira.

  • Zé Rodrix - Casa no Campo

Eu quero uma casa no campo

Onde eu possa compor muitos rocks rurais E tenha somente a certeza Dos amigos do peito e nada mais

Eu quero uma casa no campo Onde eu possa ficar no tamanho da paz E tenha somente a certeza Dos limites do corpo e nada mais

Eu quero carneiros e cabras Pastando solenes no meu jardim Eu quero o silêncio das línguas cansadas

Eu quero a esperança de óculos

E um filho de cuca legal Eu plantar e colher com a mão A pimenta e o sal

Eu quero uma casa no campo Do tamanho ideal, pau a pique e sapê Onde eu possa plantar meus amigos Meus discos e livros e nada mais

  • Gilson Vieira - Casinha Branca

Eu tenho andado tão sozinho ultimamente Que nem vejo à minha frente nada que me dê prazer Sinto cada vez mais longe a felicidade Vendo em minha mocidade tanto sonho perecer

Eu queria ter na vida simplesmente Um lugar de mato verde pra plantar e pra colher Ter uma casinha branca de varanda Um quintal e uma janela para ver o sol nascer

Às vezes saio a caminhar pela cidade À procura de amizades vou seguindo a multidão Mas eu me retraio olhando em cada rosto Cada um tem seu mistério, seu sofrer, sua ilusão

Eu queria ter na vida simplesmente

Um lugar de mato verde pra plantar e pra colher Ter uma casinha branca de varanda Um quintal e uma janela para ver o sol nascer

  • Vinícius de Moraes e Toquinho - A Casa

Era uma casa muito engraçada

Não tinha teto, não tinha nada

Ninguém podia entrar nela, não Porque na casa não tinha chão Ninguém podia dormir na rede Porque na casa não tinha parede Ninguém podia fazer pipi Porque penico não tinha ali Mas era feita com muito esmero na rua dos bobos numero zero

  • Tim Maia - Casinha de Sapê

Não estou disposto a esquecer seu rosto de vez

E acho que é tão normal Dizem que sou louco por eu ter um gosto assim Gostar de quem não gosta de mim Jogue suas mãos para o céu e agradeça se acaso tiver Alguém que você gostaria que estivesse sempre com você Na rua, na chuva, na fazenda ou numa casinha de sapê

  • Renato Russo - O mundo anda tão complicado

Gosto de ver você dormir Que nem criança com a boca aberta O telefone chega sexta-feira Aperto o passo por causa da garoa Me empresta um par de meias A gente chega na sessão das dez Hoje eu acordo ao meio-dia Amanhã é a sua vez Vem cá, meu bem, que é bom lhe ver O mundo anda tão complicado Que hoje eu quero fazer tudo por você. Temos que consertar o despertador E separar todas as ferramentas Porque a mudança grande chegou Com o fogão e a geladeira e a televisão Não precisamos dormir no chão Até que é bom, mas a cama chegou na terça E na quinta chegou o som Sempre faço mil coisas ao mesmo tempo E até que é fácil acostumar-se com meu jeito Agora que temos nossa casa é a chave que sempre esqueço Vamos chamar nossos amigos A gente faz uma feijoada Esquece um pouco do trabalho E fica de bate-papo Temos a semana inteira pela frente Você me conta como foi seu dia E a gente diz um pro outro: "Estou com sono, vamos dormir!" Vem cá, meu bem, que é bom lhe ver O mundo anda tão complicado Que hoje eu quero fazer tudo por você Quero ouvir uma canção de amor Que fale da minha situação De quem deixou a segurança do seu mundo Por amor

  • Nando Reis - A Urca

Não posso mais olhar para o prato que eu vejo cor de rosa

Cor de rosa era a cor do nosso prato Não posso mais pegar um taxi que vá pelo aterro Se olho para o lado esquerdo eu vejo a sua casa

Será que é a sua casa ainda? Será que é você naquela janela? A urca é linda e eu não coube dentro dela

Não posso mais guiar o seu carro Porque eu tô por fora Eu tô de fora do seu albúm de retrato Não posso mais ficar sozinho com o pensamento Eu não aguento tanto tempo longe dessa casa Será que é minha a sua casa ainda?

Será que eu ainda caibo dentro dela? A urca é linda mais você ainda é muito mais bela

Não posso mais guiar o seu carro que eu vejo cor de rosa

Eu tô de fora do seu albúm de retrato Não posso mais ficar sozinho com o meu pensamento Se eu olho para o lado esquerdo eu vejo a sua casa

Será que a sua casa ainda? Será que é você naquela janela? A urca é linda e eu não coube dentro dela

Será que é minha a sua casa ainda? Será que eu ainda caibo dentro dela? A urca é linda mais você ainda é muito mais bela

Será que sua casa ainda? Será que é você naquela janela? A urca é linda e eu não coube dentro dela

  • Arnaldo Antunes - A Casa é Sua

Não me falta cadeira, não me falta sofá Só falta você sentada na sala, só falta você estar Não me falta parede, e nela uma porta pra você entrar Não me falta tapete, só falta o seu pé descalço pra pisar

Não me falta cama, só falta você deitar Não me falta o sol da manhã, só falta você acordar Pras janelas se abrirem pra mim e o vento brincar no quintal Embalando as flores do jardim, balançando as cores no varal

A casa é sua Por que não chega agora? Até o teto tá de ponta-cabeça Porque você demora A casa é sua Por que não chega logo? Nem o prego aguenta mais O peso desse relógio

Não me falta banheiro, quarto, abajur, sala de jantar Não me falta cozinha, só falta a campainha tocar Não me falta cachorro uivando só porque você não está Parece até que está pedindo socorro, como tudo aqui nesse lugar

Não me falta casa, só falta ela ser um lar Não me falta o tempo que passa, só não dá mais para tanto esperar Para os pássaros voltarem a cantar r a nuvem desenhar um coração flechado Para o chão voltar a se deitar e a chuva batucar no telhado

A casa é sua Por que não chega agora? Até o teto tá de ponta-cabeça Porque você demora A casa é sua Por que não chega logo? Nem o prego aguenta mais

O peso desse relógio

Conhece alguma outra grande composição que tem uma casa como tema? Deixe nos comentários!

#escritorioarquiteturabrasilia #escritórioarquiteturabrasília #arquitetosbrasília #matérias #curiosidades

0 visualização
Fique por Dentro